Cuidados para ter uma beaucarnea recurvata saudável e bonita

Cuidados para ter uma beaucarnea recurvata saudável e bonita

Você pode não identificar de qual planta estamos falando se a nomearmos como beaucarnea recurvata, mas com certeza você já viu isso de vez em quando, pode até ter em casa. Esta é a variedade também conhecida como pé de elefante, nolita desgrenhada ou palmeira barriguda.

Uma variedade de crescimento lento com a qual devemos ser pacientes. Dá bons resultados como planta de casa desde que lhe prestemos os cuidados de que necessita, que podem ser um pouco diferentes das outras plantas de casa.

Origem e habitat natural da beaucarnea recurvata

Origem e habitat natural da beaucarnea recurvata

Saber mais sobre o local de origem e habitat natural desta planta irá ajudá-lo a entender que tipo de ambiente e cuidados você deve proporcionar a ela.

É uma variedade nativa do México, muito comum nos estados de Veracruz, Tamaulipas e San Luis Potosí. Cresce em regiões semiáridas, onde fica exposta a pleno sol e tem à sua disposição solos bem drenados.

Não é incomum que cresça em zonas rochosas e com pouca vegetação, o que nos fala da sua grande capacidade de adaptação a ambientes difíceis.

Pertence à família Asparagaceae, que inclui uma grande variedade de plantas, muitas das quais muito apreciadas na jardinagem e horticultura.

Características físicas da beaucarnea recurvata

Características físicas da beaucarnea recurvata

Dentro tipo plantas de interior da palma, A pata de elefante tornou-se uma das mais populares. É facilmente identificável pelas suas características físicas:

base inchada

Sem dúvida, o que mais chama a atenção nesta espécie é que sua base tem um aspecto inchado e bulboso. Esta base é conhecida como caudex e pode atingir um tamanho considerável quando a planta cresce em seu habitat natural.

Aqui a água se acumula e é isso que permite que esta variedade sobreviva mesmo em condições de seca extrema.

O aspecto inchado da base, aliado ao seu aspecto áspero, é o que rendeu à Beaucarnea recurvata o apelido de pata de elefante.

Tronco

O tronco é muito mais estreito que a base e pode ramificar-se à medida que a planta amadurece. Sua aparência costuma ser lisa e a cor pode variar entre o cinza e o marrom claro.

Folhas

Esta espécie Caracteriza-se pelas suas folhas longas, finas e arqueadas. Na verdade, seu nome “recurvata” refere-se à curvatura de suas folhas.

São estreitos, coriáceos, com textura um tanto rígida e bordas que podem ser lisas ou levemente serrilhadas. Sua cor é verde brilhante e podem medir até 1,5 metro de comprimento.

Inflorescências

Não é comum que esta espécie floresça quando cultivada em ambientes fechados. As flores aparecem em exemplares já maduros, de cor branca ou creme, agrupadas em panículas eretas que se desenvolvem durante os meses de primavera ou verão.

sistema radicular

Esta variedade caracteriza-se por possuir raízes rasas mas extensas, o que lhe permite absorver água e nutrientes mesmo em solos pobres, e também estabilizar em solos rochosos como os encontrados no seu habitat natural.

altura

Esta é uma planta de crescimento lento. No interior pode atingir entre 1,5 e 2 metros de comprimento se sobreviver por muitos anos. Porém, ao ar livre, pode atingir 9 metros de altura e ter um caudex muito espesso.

De quais cuidados a beaucarnea recurvata precisa?

De quais cuidados a beaucarnea recurvata precisa?

A pata de elefante requer cuidados específicos para crescer forte e saudável, mas não é complicada. Na verdade, é uma variedade bastante resistente, então Não é uma má escolha para quem é novo no cuidado de plantas de interior.

Condições de luz

Esta variedade prefere luz indireta brilhante, embora também possa tolerar alguma luz direta. Portanto, o local perfeito é próximo a uma janela ensolarada, mas onde os raios solares são previamente filtrados por uma cortina.

Se não receber luz suficiente, você notará que seu crescimento fica ainda mais lento e que suas folhas ficam mais finas e perdem densidade.

irrigação

O pé de elefante é muito resistente à seca, por isso a rega deve ser moderada. Temos que deixar o substrato secar completamente entre as regas, pois é possível que as raízes apodreçam se receber muita água.

Você pode regar uma vez por semana ou a cada dez dias, e no inverno pode espaçar ainda mais a frequência de rega, pois a planta está em fase de repouso.

Para regar, aplique água uniformemente ao redor da base da planta, de forma que alcance todas as raízes. E lembre-se de retirar a água que escoa após a irrigação.

Meio de plantio Beaucarnea recurvata

O melhor para esta variedade é utilizar um substrato bem drenado. Você pode sem problemas usar uma mistura especial para cactos e suculentas, pois tem muito em comum com essas plantas.

Se você usar substrato universal, Adicione um pouco de areia grossa ou perlita para melhorar a drenagem. E, em qualquer caso, use uma panela que tenha furos que ajudem a expelir o excesso de água após a rega.

A cada dois ou três anos troque a planta por uma um pouco maior para dar mais espaço às raízes, e use sempre um novo substrato.

umidade e temperatura

É uma variedade acostumada a ambientes quentes. A temperatura ideal é entre 15º e 26º C, Portanto, não recomendamos plantá-la como planta ao ar livre em regiões com invernos frios.

No que diz respeito à umidade, não é exigente neste assunto. Adapta-se bem à umidade típica de casa. Porém, se o ambiente estiver muito seco, pode-se borrifar esporadicamente suas folhas com um pouco de água.

fertilização

Recomenda-se o uso de fertilizante balanceado a cada dois ou três meses durante a primavera e o verão, período em que a planta está em fase de crescimento ativo.

Não obstante, Tenha sempre em mente que esta é uma variedade cujo crescimento pode ser muito lento, então você pode não notar grandes mudanças após a fertilização. Mesmo assim, não hesite em fornecer nutrientes com a frequência que indicamos, porque a planta vai gostar.

Como você viu, cuidar da beaucarnea recurvata não é nada difícil. Depois de encontrar o local perfeito e a frequência de rega, você estará pronto para aproveitá-lo nos próximos anos.


Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.